Açucena (Hippeastrum reginae)

Amarilis,  Flor alaranjada

Abre nosso coração para receber a ajuda amorosa e nutridora da Grande Mãe, para conciliar, equilibrar e curar sentimentos antagônicos ou ambivalentes de amor e ódio, gerados pela rejeição ou abandono em nosso núcleo familiar básico e em nossos relacionamentos.

Agave Polvo (Agave vilmoriniana)

Essência floral indicada para pessoas que estão cumprindo seu propósito na vida, mas que precisam de força e coragem para continuar além das dificuldades momentâneas. Fala do reconhecimento de muitos estágios de florescimento na vida, e de que, mesmo após o cumprimento das “obrigações humanas” podemos continuar a evolução juntando força e determinação para ir rumo a outros estágios evolutivos.

Alamanda (Allamanda grandiflora)

Flor amarela

Mobiliza e ancora em nossa personalidade o verdadeiro Poder Interior. Ajuda assumir o poder de ser quem somos e de expressarmos integralmente nossa verdade pessoal. Mobiliza coragem para resistir com integridade às situações de pressão e às tempestades da vida.

Alecrim do Mato (Baccharis dracunculifolia)

Flores brancas

Cria um cinturão de paz e proteção circundando uma ferida dolorosa, deixando-a delimitada, o que facilita a percepção da maneira mais adequada para curá-la e dificulta que os sentimentos e emoções geradores ou oriundos da ferida se espalhem contaminando a beleza, a força e a expressão do Ser Maior.

Alegria (Antigonom leptopus)

Flor rosa

Traz abertura para receber do reino angélico a nutrição espiritual adequada para resgatar a alegria de viver, independente das circunstâncias externas. Quando recebemos em nossa infância, uma nutrição amorosa insuficiente, pouca atenção individualizada e carinho, tendemos a vivenciar um sentimento de abandono ou orfandade.

Algodão de Seda (Calotropis procera)

Flores brancas com magenta e violeta

Mobiliza a imensa compaixão, amparo e nutrição de nossa Mãe Interior trazendo o acolhimento e o suporte necessário favorecendo uma regeneração profunda, após uma vivência devastadora. Recuperação física e emocional após choques, traumas e situações de morte egóica. Para que a dor não fique maior do que nós!

Amor Agarrado (Desmodium adscendens)

Flores rosa e lilás

Ajuda nossa Criança Interior a resgatar a generosidade para consigo mesma, a boa vontade para se ocupar de si mesma, nutrir-se e reconstruir a vida. Este movimento traz uma profunda regeneração para nossa vida física, emocional e espiritual, fortalece os processos de auto-cura, a nossa auto-suficiência e independência.

Amor Perfeito (Viola tricolor hortensis + Viola sororia)

Bouquet composto por flores pequenas e grandes em diversas cores: branco, amarelo, azul, lilás, vermelho, carmim, roxo e violeta

Ajuda a educar o corpo mental e o pensamento, para ancorar o Amor em suas mais diversas frequências e matizes, ajudando-nos a pensar de uma maneira mais amorosa e positiva para conosco, com o outro e com a vida.

Ajuda-nos a educar nosso pensamento para que possamos nos sintonizar e manter a sintonia com o que há de melhor nas pessoas e situações. Através da habilidade de manter o foco mental no amor protege-nos de formas pensamento negativas e/ou parasitas da energia vital em nossos relacionamentos.

Angélica Perfumada (Polianthes tuberosa)

Flor Branca

Facilita os processos de cura do eu inferior, restaurando sua conexão com o Divino e com a Fé. Eleva a nossa freqüência, alinhando os chakras e facilitando nossa conexão com o mundo angélico e com os Planos Superiores, restaurando os sentimentos de unidade. Através deste movimento, dissolve o medo, o pânico irracional, a dor e o desespero da alma que se sente separada de Deus e ameaçada ou agredida pelos planos inferiores.

Antena (Paepalanthus elongatus)

Palipalã estrela - Flor branca

Alinhamento dos corpos inferiores com os corpos superiores. Alinha os 33 corpos/chacras abrindo e estabilizando a energia de nosso Layoesh – antakarana – canal de luz. Através desta conexão com a energia do Pai, ajuda-nos a acessar a sabedoria e poder interior necessários para enfrentar nossas sombras e fantasmas interiores sem entrar em pânico Ajuda a manter a fé, coragem, lucidez e o centramento em nossa mente e personalidade em momentos de grandes desafios sem se deixar hipnotizar pelo medo ou pelo pânico.

Arruda (Ruta graveolens)

Flores amarelo esverdeadas

Facilita o aflorar do Poder da Vontade!

Favorece o exercício do livre arbítrio. Delimita, equilibra e fortalece a Individualidade e o Poder da Vontade Esta Essência Floral é de extrema valia para aqueles que, em seus relacionamentos, tendem a permitir que a vontade do outro domine sua mente, levando-o a atuar contra si mesmo, ou a permitir interferências destrutivas em sua vida, sejam estas provenientes do mundo espiritual, astral, psíquico ou de seus relacionamentos pessoais.

Assa Peixe (Vernonia polyanthes Less)

Fortalece a habilidade de estabelecer relacionamentos respeitosos, equitativos, justos e equilibrados com o outro.  Ajuda na superação de padrões de relacionamentos disfuncionais (do tipo: desempoderamento de um e exploração do poder pelo outro), sejam elas familiares ou profissionais.

Dissolve a tendência ao controle através do poder financeiro usando dele para definir os “caminhos e escolhas” do outro.

Aster Lilás (Áster Lilás amellus)

Áster Lilás amellus - Flores Lilás azuladas

Ancora em nossa alma e em nossa personalidade a humildade enquanto Virtude Essencial, para que possamos superar orgulho espiritual que nos impede de abraçar e integrar nossa própria sombra. Nestes casos, tendemos a projetar naqueles que nos cercam estas sombras, sentindo-nos vítimas de incompreensões, traições ou ataques psíquicos e/ou espirituais.

Azulzinha (Evolvulus glomeratus)

Evolvulus glomeratus - Flores azuis

Mobiliza as qualidades de mente desperta, atenção focada e Vigilância atenta, qualidades necessárias para a proteção de nosso espaço psíquico, energético e concreto.  Traz clareza de percepção e rapidez na ação para que possamos identificar e usufruir das oportunidades que a vida nos apresenta e também para nos proteger em situações de estresse ou confronto.

Bastão do Imperador (Etlingera elatior)

Etlingera elatior - flor rosa avermelhada

Restaura o sentido de Integridade pessoal quando este foi rompido, na infância, normalmente pelo abuso de poder (espiritual, emocional, verbal) relacionado com a figura masculina/paterna. Quando a autoridade paterna humilhou, desvalorizou de maneira sistemática ou aniquilou a auto-imagem e o sentido de integridade do filho.  

Begônia (Begônia semperflorens)

Azedinha-do-brejo - Flor rosa claro

Através do amor incondicional vem suave e calidamente trazendo a cura do coração, limpando e descristalizando dores antigas, mágoas, culpas e traumas do passado.

Beijinho (Impatiens walleriana)

Maria sem vergonha - flores rosa salmonado

Reaviva a capacidade de fluir na vida com leveza, não resistindo às marés nem remando contra a correnteza. Ajuda a aceitar e conviver com os ritmos e ciclos próprios a cada situação e pessoa sem se estressar. Pega leve !

Boca de Leão (Antirrhinum majus)

Ajuda a dissolver e liberar os conteúdos de tensão que foram suprimidos e ficaram bloqueados no chakra laríngeo e maxilares. Promove relaxamento e libera a tensão armazenada na área do chacra laríngeo, boca, pescoço e ouvidos.

Botão Branco (Galinsoga ciliata)

Flor branca  

Mobiliza o poder de auto-aceitação e acolhimento necessários para a transmutação do padrão ancestral de tristeza e inadequação gerado pela sensação de estar separado de partes de si mesmo. Tal movimento favorece a elaboração e cura de sentimentos difusos de exclusão e melancolia e saudades de si mesmo.  Facilita a superação de sentimentos difusos de baixa auto estima.

Brinco De Princesa (Fuchsia sp)

Habilidade de acessar, acolher e lidar amorosamente com novos contextos evolutivos, novas percepções e informações  que me desafiam e amedrontam. Compreender que negar ou suprimir esses conteúdos sobrecarrega meu corpo, que tende a somatizar me aprisionando em um ciclo perverso de fuga/auto-vitimização/desempoderamento/doença.

Bromélia Estrela (Bilbergia nutans)

Favorece a conexão do chackra cardíaco com o chakra da Estrela da Alma, o que propicia clareza sobre nossa responsabilidade pelas escolhas que criam nosso destino. Nos relembra que a verdadeira Entrega é diferente da inconsciência e da irresponsabilidade.

Broto de Embaúba (Cecropia hololeuca Miq)

O aprendizado da convivência e cooperação em estado de interdependência harmoniosa entre os reinos e os seres que compõem um sistema, seja de pessoas, animais, plantas, etc

Ajuda na transmutação de padrões de relacionamento onde o auto-julgamento e sentimentos de culpa de uma das partes dificultam a proteção do espaço físico e psíquico necessário para o seu crescimento pessoal, renovação e sobrevivência.

Broto de Saião (Bryophyllum ibacuense)

Bracteas verde claro com botão magenta

Conecta-nos com o sentimento de que o Universo nos nutre, provê e sustenta. Favorece a confiança, o sentimento de que vivemos em um Universo benevolente e o resgate da leveza e coragem necessárias para lidar com os desafios da vida.

Cachoeira da Entrega

Essência Ambiental feita na cachoeira de Pontal das águas Campo Grande - MS

Entrega e liberação do desamor do passado.

Facilita o desapegar-se e liberar emoções do passado que nos aprisionam em padrões autodestrutivos. Uma liberação que favorece o renascer para viver segundo o ciclos da vida, no aqui e agora, em uma conexão leve e prazerosa com o Poder Maior.

Caeté Amarelo (Canna generalis)

 

Liberta e regenera a vitalidade criativa e a força do desejo da alma, quando esta força foi bloqueada pela repressão física e/ou moral na infância. Este bloqueio leva a desconexão, baixa criatividade, desmotivação e medo do desejo sexual

Caeté Vermelho (Cana generalis)

Unifica intenção, desejo e ação quando estes se encontram DISSOCIADOS devido à repressão traumática no passado. Superação do conflito entre a nossa intenção positiva consciente e a intenção repressora ou autodestrutiva inconsciente que dificultam ou impedem a manifestação de nossos sonhos e desejos.

Cajú (Anacardium occidentale)

Flores brancas e rosa forte

Integrando o telúrico feminino com a mente e emoções. Ancoramento das forças instintivas do feminino. Ajuda no resgate do útero como um órgão de percepção de si mesma, um espaço sagrado e centro do poder pessoal da mulher.

Cálice de Ouro (Trimezia martinicensis)

 

Dissolve os núcleos de apego ao poder e desejo de controle do corpo mental , para que este possa para abrir-se como um cálice, receptivo à Consciência Superior e aos valores do Espírito.Favorece o desenvolvimento da atenção plena e aumenta a percepção no aqui e agora.

Camarinha (Vaccinium sp.)

Sininho, Flores rosa

Ao curar a não aceitação, saudade e apego ao que já se foi, se perdeu, abre-se um espaço para que a abundância volte a fluir em nossas vidas.

Ensina-nos que o sentimento de perda vêm da não compreensão dos ciclos da vida. Ela conforta e cura as feridas provocadas por esta não compreensão, ajudando a nos libertarmos do apego.

Camélia Rosa (Camellia japônica)

Harmoniza a tendência a suprimir e negar o ódio.

Para quando o ódio é tão intenso e condenado por nosso sistema de crenças e auto imagem idealizada que criamos mecanismos de negação desta emoção que é então suprimida, distorcida e deslocada.

Campânula Lilás (Ruellia geminiflora)

 

Ajuda a construir o centramento e calma necessários para mobilizar prontamente nossas defesas para nos tornarmos invisíveis quando vivenciamos situações que podem nos ferir.

Ensina que se a palavra é de prata, o silêncio é de ouro:

Falar para aqueles que tem ouvidos para Ouvir e olhos para Ver o Amor.

O manto de invisibilidade daquele que sabe que se a palavra é de prata, o silêncio é de ouro.

Cana de Açucar (Saccharum officinarum)

inflorescência creme

Vem ancorando em nossos corpos físico e sutis o amor que vem de nosso Ser Espiritual. Criando um canal entre o céu e a terra capaz de ancorar o Amor Maior. Favorece a remoção de bloqueios energéticos que impedem este alinhamento, libertando-nos de processos de dependência e obsessão, muitas vezes cármicos, gerados não só pela desconexão com a Fonte, mas  pela necessidade do amor do outro.

Canela de Ema (Vellozia squamata)

 

A resiliência necessária para o desabrochar maduro e sereno de qualidades/projetos que evocam longos períodos de gestação e nesse movimento passaram por desafios e vicissitudes dolorosas ou desanimadoras.

Capim de Sta. Luzia (Commelina angustifolia)

Flor azul

Através do alinhamento dos corpos emocional e mental, permite que o Eu Superior nos mostre novas maneiras de olhar para velhas situações que tendem a se repetir através da força do hábito, em nossos relacionamentos, trazendo a possibilidade de nos libertarmos de padrões reativos muitas vezes cármicos.

Capim Estrela (Rhynchospora nervosa)

flores creme com extremidades verdes

Fortalece a individualidade e a liberdade . Ajuda-nos a fluir na vida livremente, seguindo a orientação de nossa Consciência Superior. Vem ensinando-nos que só nos tornamos verdadeiramente livres quando libertamos aos outros de nossas intenções, expectativas e julgamentos.

Capim Gordura (Panicum melinis)

Inflorescência rosada

Propicia uma regeneração profunda daquelas áreas de nossa psique que ficaram traumatizadas por um processo de transformação ou mudanças dolorosas. Ajuda a lidar com o encerramento e recomeço de ciclos com leveza e confiança .

Capim Rabo de Raposa 

(Andropogon leocostachyus)

Inflorescência creme

Desenvolve a força e a determinação necessárias para contatar e levar vida às partes mais áridas e machucadas de nosso Ser. Favorece a flexibilidade e a capacidade de resistir ao isolamento e a adversidade nos momentos ou situações em que somos pioneiros ou desbravadores, mantendo o coração aberto e receptivo para o outro.

Capuchinha (Tropaeolum majus)

Flor alaranjada 

Para quando é necessária uma atividade mental intensa, tendemos a nos desconectar dos outros corpos, e nos sentimos desvitalizados e com dificuldades para acessar as experiências emocionais.

A habilidade de vivenciar uma grande vitalidade e força mental de uma maneira firmemente ancorada na realidade anímica e física. Alinhamento do corpo mental com os demais corpos sutís e com o corpo físico. Para quando é necessária uma atividade mental intensa, tendemos a nos desconectar dos outros corpos, e nos sentimos desvitalizados e com dificuldades para acessar as experiências emocionais. Ajuda quando em períodos de grande esforço intelectual, temos dificuldades para assimilar e ancorar os novos conhecimentos, vivenciando um estado de congestão mental. Facilita a superação da desconexão da mente com as emoções, trazendo um novo colorido de calor humano para o indivíduo.

Cássia Imperial (Cassia fistula)

Flores amarelas

Lembra-nos que a verdadeira fonte de nutrição emocional vem de nossa Essência e ajuda-nos a estar abertos para recebê-la. Libertar-se do vício do amor e das crises dolorosas geradas pelas perdas ou abandono em relacionamentos de dependência e co-dependência.

Catléia Branca (Cattleya labiata)

Orquídea do Divino Amor

Eis que O Anjo do Amor Incondicional caminha sobre a terra iluminando-a a cada passo, expondo e criando a oportunidade de transformar e liberar laços de desamor que nos aprisionam e oprimem.

Traz o Amor Incondicional e a Entrega a um Poder Maior, necessários para liberar nosso apego a laços de rejeição . frustração . ódio para que estes possam ser reconfigurados no coração. Ajuda a transformar estes vínculos desarmônicos em vínculos de amor, e, simplesmente liberar-nos deste padrão doentio de trocas “afetivas”.

Catléia Rainha (Cattleya labiata)

Preenche nosso ser com sentimentos de Unidade, restaurando a fluência do calor do coração em nossos relacionamentos afetivos.

Sair do amor carente que é filho da separação, para o amor Ágape, reflexo da unidade restaurada. Um amor que nutre e liberta.

Para aqueles que tem fome e solidão, e tem seus relacionamentos afetivos e sociais mais centrados na necessidade, que vem dos chacras inferiores.

Catléia Rosa (Cattleya labiata)

Alinhamento da mente inferior com a Mente Superior, no Coração. Abertura  mental para entregar-se aos valores do

Espírito e abandonar a tendência à racionalização de pulsões destrutivas motivadas por desejos de reparação do eu

inferior.  Não resistência que favorece à Rendição  do ego aos Valores da Alma e ao acolhimento da experiência,  por mais dolorosa que seja a forma como ela se apresenta.

Rendição do Eu Inferior aos Valores do Self.

Em alguns momentos, o amor/vida mobilizam aprendizados  que ferem. A dor é tamanha que pode nos levar a uma surda  resistência à Valores do Espírito que acolhemos em nosso coração... é quando surge um doloroso desejo de reparação, para justificar o ódio, a retaliação, a hostilidade ou a vingança.
 

Cedrinho (Thuja occidentalis L.)

Ajuda-nos a colocar limites saudáveis e proteger as fronteiras de nosso Eu, através da sabedoria do não autojulgamento, sobretudo diante de hostilidades e projeções negativas de familiares e daqueles que amamos.

Ajuda a nos libertarmos do jugo do outro, de suas intenções de aniquilamento de nossa identidade e de nossa liberdade de escolha expressas através de julgamentos que nos depreciam e nos desvalorizam, gerando vergonha e sentimentos de inadequação. Este processo de cura da vergonha ancora-se no coração, abrindo o chacra cardíaco e alinhando com ele os chacras inferiores. Assim, integra, purifica e fortalece nossas raízes, sobretudo do segundo chacra até o quarto chacra abaixo dos pés.

Cerejeira Rosa (Cerasus Prunus)

Renovação, delicadeza, alegria no coração, amor pela vida, calma e amorosidade nas relações afetivas. Favorece a harmonia entre casais, harmonia nas relações afetivas, harmonia na vida, conseguir entrar numa zona bela da vida.

Favorecendo as transmutações necessárias para se alcançar o pedido de purificação emocional dentro das relações afetivas, período de superação das expectativas inconscientes que projetamos sobre o outro, querendo estabelecer uma forma de troca para obter o que eu quero.

Favorece o deixar o outro livre para ser quem é, assim como queremos ser livres.

Chanana (Turnera melochioides)

Flor creme com violeta no centro

Reaviva a Força necessária para o reconhecimento da nossa Verdade e Autoridade Interior. Purifica e dissolve a dor profunda contida no coração gerada pela introjeção de valores externos que negam e aprisionam os nossos valores e Poder Pessoal.

Chuva de Ouro (Oncidium varicosum)

Flores amarelas

Abre-nos para receber e expressar o amor incondicional. Ajuda-nos a discernir sobre a qualidade real das emoções com as quais nos nutrimos, aprender a nutrir-se de amor e expressá-lo de uma maneira abundante. Favorece a liberação do vício da nutrição emocional negativa, como o vício de nutrir-se de medo, de pena, de adrenalina, e outros.

Chuveirinho (Paepalanthus acathophyllus)

Flores creme 

Favorece a abertura e equilíbrio dos mini chacras que compõe o chacra da Coroa, conectando-os com os chacra frontal e terceiro olho, dando sustentação para a abertura do chacra coronário e ancoramento do plano espiritual no plano físico. Ajuda a criar novos caminhos e sinapses necessárias para ampliar nossas percepções, conceitos mentais e visão de mundo em direção aos novos paradigmas de um mundo holográfico. Trabalha o centramento e ampliação da mente física para que esta possa se sintonizar e alinhar-se com a mente superior.

Cipó de São João (Pyrostegia venusta)

Flor alaranjada

Ajuda a nos validarmos baseados em nosso valor intrínseco. Em nosso Eu Sou. O Aflorar do Eu Sou. Leva-nos a contatar e expressar a alegria de ser quem somos, através de uma vigorosa explosão de nossas qualidades intrínsecas e dons criativos. Ajuda-nos a materializar medidas concretas que honrem o amor que sentimos por nós. Vitalidade para nutrir e expandir a vida e as qualidades que Somos. Ajuda a nos desvincularmos dos espelhos que não refletem nossa beleza e valor.

Cipó Roxo (Clitória sp)

Flor roxa

Restabelece o vínculo e a harmonia entre a energia sexual feminina e os ciclos da Mãe Terra, restaurando o sentimento de que a vagina é o portal da vida, da força e do amor. Possibilita uma interação receptiva, nutridora e amorosa com a terra e com a vida. Ajuda na cura das feridas emocionais provocadas por abusos e violências sexuais. Possibilita que a energia de dor, medo ou hostilidade estagnada nos órgãos sexuais femininos volte a fluir e possa contatar padrões mais elevados.

Círculo de Hibiscos

Várias cores

Essência feita por um grupo de 19 mulheres, utilizando-se 19 flores de hibiscos de 17 cores diferentes: marrom, ocre, vermelho, laranja, amarelo, rosa, lilás, violeta, branco, ou com matizes entre estas cores.

Trabalha a expressão da natureza feminina em suas mais diversas oitavas.

Coco (Cocos nucifera)

Flor creme

Através de um novo equilíbrio entre os princípios Yin e Yang traz ao corpo mental e à personalidade a capacidade de conter a nossa vida emocional, protegê-la e nutri-la, sem sufocá-la. Traz a integração e equilíbrio entre pensamento e sentimentos, atividade externa e vida interior, masculino e feminino.

Cogumelo Redenção

A transmutação alquímica daquilo que já encerrou sua tarefa e esgotou no milagre do tempo a sua razão de viver, para que em estado de pura energia esteja livre para renascer em beleza. A habilidade de sutilizar o denso, transmutando e liberando em pura energia aquilo que se corrompeu. Transmutação alquímica de matéria em pura energia, libertando as partes da alma aprisionadas em espaços de decadência e decomposição. Esta atuação permite a inversão da orientação de portais dimensionais negativos, de morte, em portais de vida e renascimento e a elevação e reintegração de fragmentos da alma, separados da própria dimensão espiritual e aprisionados em estados e espaços involutivos, de corrupção das forças da vida. Estados degenerativos de fragmentos da alma que ameaçam e corrompem a vida.  Núcleos psíquicos e etéricos em estado involutivo que podem corromper a saúde do todo.

Cometa (Oxypetalum cf. guilleminianus)

Flor branca

A expansão de nossa percepção consciente em direção à multidimensionalidade do Ser e do Universo. Dá suporte à meditação. Ajuda-nos a contatar nossa herança ancestral e a refazer o vínculo com nossa família galáctica. Através desta expansão, favorece a identificação de medos e sentimentos de separação gerados pelas limitações de nossas percepções físicas de espaço e tempo. Favorece a integração entre os hemisférios cerebrais e a possibilidade de acesso e integração dos símbolos vindos de nosso inconsciente.
 

Copo de Leite (Zantedeschia aethiopica)

Flor branca

Ajuda a purificar, suavizar e elevar a energia sexual, quando esta energia está muito bloqueada ou poluída por conceitos, preconceitos e medos. Resgata a pureza e a aceitação de nossas necessidades instintivas.

Coração de Mãe (Iresine herbstii)

Sua folhagem é inteiramente magenta e suas flores são verde claro. As folhas têm a forma de um coração e nascem com a ponta do coração unida e ligeiramente envergada para baixo.  Daí vêm os nomes coração partido e Coração de Mãe. As folhas partidas lembram também o pulmão que oxigena o sangue e o corpo. A sua Essência Floral ancora as energias curadoras do amor no plano etérico quando este foi devastado pela cólera, pela ira, pela inveja ou pela violência. Limpa, transmuta, desobstrui e reenergiza o corpo etérico, os fluídos etéricos e refaz as pontes e canais etéricos para que o Sol da Consciência Amorosa volte a nutrir a terra/corpo, através dos chacras do coração e timo e este possa então ser regenerado.  A Essência Floral do Coração de Mãe lida com a dissolução das cristalizações de freqüências da ira: o rancor e a violência. E assim, muitas vezes utilizando-as conjuntamente, forma-se a Cruz Crística que liberta nosso coração, reenergiza nosso ecossistema fragilizado pelo desamor e fortalece nosso sistema imunológico.

Coração Verde do Cerrado (Combretum leprosum)

Proteção de ataques espirituais direcionados ao Coração. Em ambientes pouco afáveis, é sempre sensato habitar-se e não chamar atenção sobre si. Proteção da individualidade através da invisibilidade – Auto proteção que vem da modéstia discreta de misturar-se ao ambiente sem se fazer notar, sem perder a própria individualidade, força interior e delicadeza.“Eu protejo a semente da Vida em teu coração. Permita que Ela se abra sobre si mesma e irrigue com a força da Vida a todo o teu ser, trazendo a mansidão, a humildade, a alegria, a fertilidade, a sabedoria e a fé. Nada de mal te atingirá pois teu coração fértil, irradiará com modéstia discreta ao Amor, Sabedoria e Mansidão”. A flor é meio camuflada, misturada no meio da folhagem – não quer se mostrar muito - e é necessário muita atenção para percebê-la.

Cosmos Magenta (Bidens bipinnata)

 Beijo de moça, Flores magenta

Expressão verbal. Restauração do Chacra Laríngeo e de uma expressão verbal centrada, confiante e amorosa. Quando sofremos pressões e repressão à plena expressão de nossa individualidade na infância, que geraram bloqueios mentais, emocionais ou energéticos e muitas vezes somatizações relacionadas com o Chacra da Garganta. Alinhamento entre o chacra da garganta, as inspirações da mente superior e as razões da personalidade - Sincronização entre o pensamento e a fala - Regeneração da habilidade de expressar-se e de expressar os sentimentos da alma de uma maneira honesta, clara e amorosa. Restaura e alinha o canal entre o chacra laríngio e o coronário - Aumento da potência da voz. Dissolvendo o medo de expressar-se – Ajuda a superar distúrbios da fala em crianças hiper-excitadas, ou com uma mente muito rápida, com dificuldades na articulação entre o pensamento e a expressão verbal. Ajuda a superar a tendência a uma expressão verbal extremamente intelectualizada, sem o colorido e calor das forças da alma.

Costela de Adão (Mostera deliciosa)

Flor branca esverdeada

Reconstitui e reorganiza a malha etérica da vagina, colo do útero ou pênis, quando esta foi desorganizada por bloqueios ou eventos traumáticos seja nos planos espiritual, astral, etérico ou no plano físico. Muitos destes bloqueios geradores de desorganização no corpo etérico, advém de conceitos e padrões de crenças impostos por sistemas religiosos, nos quais a sexualidade e o prazer sexual não são acatados como dádivas do Divino ao Ser Humano Nestas situações há uma dor, uma malha, um continente que se perdeu.  E a Costela de Adão ajuda a reorganizar e reconstituir a base etérica necessária para a união do masculino e feminino em um abraço sagrado.. Restaura o equilíbrio yin/yang nas forças da sexualidade. Este movimento dissolve o medo da penetração e os sentimentos de medo, culpa e rejeição ao falo, restaurando a confiança e fluidez na intimidade sexual. Resgata a possibilidade do êxtase na vivência de uma sexualidade sagrada, quando amor, intimidade, desejo e entrega se expressam de maneira incondicional. Resgata a possibilidade da vivência do prazer sexual como um presente dos Deuses e uma necessidade humana de transcendência. Sem êxtase não há criação. Dionísius, Shiva

Cravo Carmin (Dianthus caryophyllus)

Agressividade passional e intimidadora.

Pacificar a belicosidade passional Yang em contextos afetivos.

Alinha plexo solar, coração e chacra laríngeo, pacificado a belicosidade excessivamente Yang em contextos afetivos.

Pessoa pletórica, intimidadora e/ou acusadora em contextos passionais.
 

Cruz de Malta (Ludwigia octovalvis)

Promove o re-empoderamento do Ser, trazendo vitalidade , coragem e clareza mental para superar os desafios da vida, dissolvendo a tendência a ter o medo como elemento motivador e direcionador das próprias escolhas. Despertar para o próprio poder interno de lidar positivamente com conflitos familiares e/ou profissionais necessários para ser o “sujeito” da própria vida.

O Fogo Solar em ação drenando os excessos do elemento água/emoções estagnados em nosso psiquismo e energia.

Traz a vitalidade espiritual/mental necessária para superar o embotamento mental e o pânico paralisador em contextos altamente emocionais e desafiadores ou situações de abuso e violência familiar ou profissional.

Cúrcuma (Curcuma longa L.)

A sintonia profunda com a Mãe Terra, purificando, alinhando, equilibrando e fortalecendo o elemento terra em nossa vida. Traz o ancoramento na terra, mobilizando a estrutura e a estabilidade amorosa e nutridora do Feminino Interior. Equilibra e purifica o Hara, permitindo o centramento e ancoramento na terra. Diminui a ansiedade e a tendência a perder o centro diante do excesso de solicitações e afazeres que consomem a vida nos grandes centros urbanos. Ajuda-nos a desenvolver a capacidade de focalizar e priorizar o que é essencial mantendo o ancoramento na terra, a estabilidade e a paz diante de estímulos externos excesivos.  Através do ancoramento na terra equilibra a ansiedade e a superexcitação dos corpos emocional e/ou mental. O ancoramento e alinhamento do elemento terra, favorecendo a eliminação dos excessos em nossa vida. Purifica as toxinas acumuladas em nossos sistemas devido ao desenraizamento. Ajuda-nos a ficar no mundo concreto, com os pés no chão e a mente estável. Favorece ao ancoramento de novas virtudes e qualidades mobilizadas por outras essências florais em nosso sistema como um todo.

Dália Rubra (Dahlia pinnata)

Flor gigante, vermelho forte, quase negro

A Dália Rubra mobiliza a receptividade feminina na vivência das situações de enamoramento, no permitir-se ser cortejada, e na vivência sexual. Favorece a receptividade para o amor sensual, para o galanteio. A habilidade de amar em uma freqüência de receptividade feminina, necessária para favorecer à expressão plena do masculino. Restaura a habilidade feminina de receber, acolher e usufruir da iniciativa masculina na vivência do galanteio, paquera e/ou sexualidade. Ajuda a restaurar o recato, a receptividade e a sensualidade intrínsecos ao feminino, em mulheres excessivamente ativas, que inibem a expressão da masculinidade de seus companheiros.

Dália Solar (Dahlia pinnata)

Harmonização dos conflitos de disputa pelo poder entre o masculino e o feminino.

Favorece a harmonização entre casais.

Dama da Noite (Cestrum laevigatum)

Flor branca

A Essência Floral da Dama da Noite reconcilia-nos com Lilith. Podemos então ouvi-la sussurrar: “Meu território é o da noite, não o das trevas. Na noite está tudo aquilo que não está iluminado pelo Sol da Consciência. O guardado, o esquecido, o negado, o rejeitado. Sua força, sua beleza, sua dor, seu prazer. Em meu território guardo tudo aquilo que foi rejeitado, teus medos, os teus maiores tesouros e todo o desconhecido. Eu também sou você. Não me rejeites mais”. A Dama da Noite mobiliza a coragem e confiança necessária para resgatar nossa integridade ao desvendar os segredos de nosso Mundo Interior encobertos pelos véus do medo: desvelar, levantar os véus para que possamos nos lembrar, recordar a nossa história, a história de nossa alma. Auxilia-nos a dissipar a confusão que fazemos entre noite e trevas. É na noite que estão guardadas as sementes do bem e do mal e também nossos sonhos, dons, heranças, nossa força. A Dama da Noite pode nos guiar nesta viagem em busca de nossos tesouros e no resgate da sabedoria do feminino profundo - Ela tem as chaves dos mistérios, do poder, do oculto, da criação, da totalidade do feminino, da sabedoria ancestral e da história de nossa alma.

Dama do Lago (Eichornia azurea)

Aguapé, Flores lilás

Ancora a Consciência Superior no corpo emocional. Traz o conforto, a compaixão, a aceitação da experiência dolorosa e a coragem para lidar com ela. Através deste movimento, a Essência Floral da Dama do Lago nos ajuda a acessar um entendimento profundo sobre o aprendizado inerente à experiência, o que possibilita sua transmutação e a regeneração emocional.

Dente de Leão (Taraxacum officinale)

Flor amarela 

A habilidade e maleabilidade necessárias para integrar as necessidades do corpo físico e emocional às pressões internas e externas em nossas atividades do dia a dia, de maneira a evitar o acúmulo destas pressões na forma de tensões físicas e/ou rigidez.

Alinha o corpo mental com o físico e emocional, trazendo relaxamento e calma, ajudando a liberar de nossa musculatura a tensão e as emoções reprimidas devido à desconexão do corpo mental com as forças da alma. Traz uma força solar calorosa e vibrante, para quando tendemos a nos tornar áridos, prisioneiros da intensidade de sentimentos de dever que nos levam a estar sempre correndo, fazendo mais e mais coisas, nos sobrecarregando de tarefas,  apressados e impacientes. O excesso de elemento terra com carência de elemento fogo levando a uma tendência a se apegar excessivamente a uma visão prática, pragmática e material  da vida, levando a pessoa a atitudes de apego, materialismo e a um fazer compulsivo, sem espaço para a transcendência e para vivências oníricas.
 

Dinheiro em Penca

(Plectranthus australis)

Aprendendo a lidar com o dinheiro como uma moeda de troca de energia.

Aprendendo a lidar de maneira amorosa, grata, desapegada e responsável com os recursos financeiros que nos cabem. O dinheiro ama a quem lhe ama e amor é liberdade, gratidão e respeito. Valorizar o fruto de nosso trabalho.

Ajuda a limpar as crenças ruins relacionadas ao dinheiro.

Douradinha do Campo (Peixotoa reticulata)

Amarelinha

Mobilização do entusiasmo e alegria de viver, espontânea e generosa em suas ações e palavras, de nossa Divina Criança. Quando sufocamos a expressão das forças de nossa Alma e perdemos a espontaneidade, o brilho, a pulsão e o entusiasmo diante da vida de nossa criança Divina, e nos fechamos em posturas de desamor, autocentradas, racionais e egoístas diante do outro e da vida que se apresenta.

Érica (Trembleya parviflora)

Flores cor de rosa

Permite que o Ego se alinhe com a energia do Eu Superior, equilibrando as oscilações entre o orgulho ou arrogância e os sentimentos de menos valia. Resgata a Força Moral e o sentimento de dignidade inerentes ao nosso verdadeiro Ser.

Ervilha Lilás (Vigna peduncularis)

Flor lilás e branca

Reacende em nossos corações a percepção consciente de que nossa Fonte está brilhando aqui e agora, aonde nós estamos, através de nós. Traz alívio para a nostalgia e para o sentimento de que parte de nós está perdida em um outro mundo longínquo e inatingível. Esta reconexão é de grande auxílio no processo de cura da dependência, medo do abandono e possessividade, quando projetamos o nosso brilho e beleza em outras pessoas ou funções.

Espada de Luz (Fumaria officinalis)

Flor branca com violeta nas bordas

A Essência Floral da Espada de Luz atua como um raio laser, canalizando e focalizando o Poder Libertador do Amor Incondicional que, ancorado em nosso chacra do Coração, pode dissolver vínculos e acordos pactuados em um passado remoto que não tem mais ressonância com as escolhas atuais das Forças de nossa Alma. Ajuda-nos a resgatar a liberdade ao ancorar em nosso coração a capacidade de transmutar, dissolver e/ou cortar os laços que aprisionam nossas almas em escolhas equivocadas e pouco amorosas do passado. Neste movimento, dissolve a dor gerada por tais pactos e regenera a malha e o tecido dos corpos sutis, preenchendo-os com amor e liberdade. A espada do discernimento entre o bem e o mal que nos liberta para a vivência da escolha pelo caminho do amor.

Espada de São Jorge (Sansevieria trifasciata)

Flores creme esverdeadas

Proteção psíquica através do claro discernimento entre o bem e o mal. Alinha nossa mente com nosso Eu Espiritual purificando-a de formas pensamento negativas e miasmas que tendem a nublar o nosso discernimento, permitindo-nos superar o estado de negatividade, confusão mental e superdimensionamento da dimensão astral negativa.  Nossa mente purificada e alinhada com nossa Mente Superior pode discernir com clareza entre os lobos e os cordeiros, superar a tendência inconsciente a agir de maneira pouco ética, proteger-se da maldade e/ou de qualquer interferência psíquica destrutiva porque sabe que não há no mundo poder maior do que o Amor e proteger nossos caminhos através da percepção clara de que o Guerreiro da Luz não define suas escolhas e seus caminhos motivado pelo temor.

Estrela da Vida (Erythoxylum sp)

Encontrar a quietude e a segurança no coração, mesmo no meio da multidão, enquanto ocorre a regeneração necessária, permitindo que as dores, tristezas e angústias sejam superadas e dissolvidas em seu tempo certo. Regeneração das micro feridas no coração. Esperar na quietude o tempo certo para que a regeneração ocorra e possa então haver um recomeço. Ajuste do foco no tempo certo. Há um tempo de plantar, um tempo de esperar e um tempo de colher. Sair da impaciência/voracidade do fazer-fazer para preencher a ilusão do vazio. Regeneração psíquica e do campo áurico após um período de provações.

Falsa Mirra (Tetradenia riparia)

Flores brancas com nuance lilás

É a mais pura Chama Violeta transmutando a negatividade e preenchendo com luz os buracos negros da Alma para que possamos renascer para a Dimensão do Sagrado. Esta Essência Floral, através de seu poder de transmutação, atua como uma UTI para sair da negatividade. Nossas partes mais sofridas, temerosas e afastadas do divino se abrem e se curvam diante desta luz  uma ânfora vertendo o raio violeta as imagens e sentimentos vão se transformando, numa sagrada união entre o Céu e a Terra, a Luz e a Sombra. “Eu venho restaurar o Sagrado, a entrega do Ego Àquele que É”. Dissolve a identificação de nossas partes perdidas na dor e no medo com o mal, curando na memória celular, os núcleos de dor que se perderam de nossa dimensão Divina, Sagrada. Este processo favorece que todas as nossas partes reconheçam que nosso corpo é o nosso templo de luz. Sagrado. Ajuda a transmutar e dissolver as memórias de desamor, violência, obsessão, magias, etc. inscritas em nossa memória celular, permitindo o resgate da Paz e o renascimento para a dimensão do Amor. Ajuda a purificar e alinhar com o sagrado aos espaços físicos onde vivemos e trabalhamos. Ajuda a elevar e manter a freqüência de espaços consagrados para a meditação e o trabalho espiritual.

Fonte do Cálice

Esta Essência Ambiental foi Co-criada nos Jardins da Fonte do Cálice em Glastonburry, Inglaterra. Foi feita numa noite de outono, na lua nova, das 11 horas da noite às sete horas da manhã. Utilizamos a água da Fonte do Cálice. Este local Sagrado é um Portal dimensional que nos permite comungar com a harmonia total entre as emanações da Face Feminina do Divino (através das antigas Sacerdotisas da Deusa), as emanações da Face Masculina do Divino, (através dos Cavaleiros e Guerreiros da Luz na busca do Santo Graal), e as emanações da Natureza,  celebrando a perfeita harmonia entre o Sagrado, o Humano e o Telúrico.

Frésias (Freesia sp.)

Flores creme

Com um toque de suavidade, o amor incondicional vem nos abraçando, nos flexibilizando e possibilitando o aflorar de uma maior leveza e tolerância. Ajuda a descristalizar as marcas da irritabilidade, rigidez e intolerância em nossos corpos físico, emocional e mental.

Fruta do Lobo (Solanum viarum)

Flor roxa

Ajuda-nos a soltar o apego à história de dor, violência, agressividade ou abuso. Favorece a aceitação da experiência vivida ao mesmo tempo em que fortalece o impulso de soltá-la, de deixar que ela se desprenda sem julgamentos e seja levada pelas águas da vida, criando um espaço para vivências mais harmoniosas, leves e amorosas.

Gerânio Vermelho (Geranium maculatum)

Flores vermelho sangue

O poder da pulsão construtiva. Coragem da Alma e aumento da vitalidade física para lidar com situações desafiadoras em nosso caminho de vida, de maneira construtiva e amorosa. Para quando buscamos vitalidade e força interior para a concretização de nossos Propósitos mais elevados. Atua como um potente tônico para as forças da alma quando estas se deixam desencorajar e abater diante das dificuldades, obstáculos e desafios provenientes de  pessoas ou situações destrutivas. Ajuda a alma a mobilizar a vitalidade e coragem necessária para sair da imobilidade, assumir as transformações necessárias e enfrentar aos novos desafios decorrentes destas transformações em uma tônica amorosa e construtiva. Ajuda àqueles que se deixam intimidar e paralisar pelo medo das leis da guerra, que dominam parte de nossa cultura e sociedade, sobretudo nos grandes centros urbanos.

Gervão Rosa 

Reconexão da personalidade com o Self que favorece ao centramento e direcionamento claro, quando a personalidade desliga da realidade e vivencia uma astralidade comprometedora.

Girassol (Helianthus annuus)

Flor amarela 

Ajuda-nos a estruturar uma personalidade solar e amorosa permitindo que nosso Divino Interior centralize e integre os mais diversos aspectos da nossa personalidade, de maneira que nossas escolhas e nossos atos sejam o mais puro reflexo desta harmonia.

Gitirana (Jacquemontia spp)

Flor azul

Nos ensina a soltar os sentimentos negativos criando espaço em nossa psique para renascer com mais alegria e prosperidade, o que não acontece quando ficamos guardando ressentimentos e detritos emocionais que nos aprisionam em padrões repetitivos e dolorosos.

Gota de Ouro (Calceolaria tripartita)

Flor amarela

A Essência cria um manto de luz dourado, que preenche os chacras inferiores com as freqüências do Amor Crístico, iluminando as partes que permitem a violação de nosso espaço Sagrado, para que estas possam ser reconhecidas e restauradas.

Gravatá (Quesnelia sp.)

Flor violeta

Ajuda-nos a diferenciar e estabelecer limites claros entre os nossos desejos e os desejos e vontades do outro. Restauração do corpo etérico na região sacral, quando este foi rompido em conseqüência de violências psíquicas, físicas e/ou sexuais.

Guiné (Petiveria alliacea)

Flores  brancas

Através da reforma interior, facilita a transmutação do padrão de desequilíbrio em nossa relação de troca energética com o outro, ajuda-nos a fechar o corpo e a nos libertarmos de energias obsessoras que vibram nas freqüências de abuso, violência, vampirização, dor, masoquismo ou sadismo, e purifica  nossa aura eliminando as toxinas energéticas e maus fluidos.

Hibisco Lilás e Vermelho 

(Hibiscus rosa-sinensis)

Cura auto repressão da expressão e vivência da sexualidade quando houve traumas e abusos no passado.  

Hibisco Rosa (Hibiscus rosa-sinensis)

Flor rosa

Integração da sexualidade e espiritualidade no coração. Traz a aceitação da sensualidade como parte integrante da experiência do espírito na matéria, e a pureza como força motriz do amor.

Hibisco Vermelho

Hibisco Vermelho  gigante

O desabrochar da sexualidade  integrada e plena enquanto expressão da natureza feminina, que revitaliza as correntes da vida,  restaura a habilidade orgástica e promove sentimentos de completude e bem estar. Para quando há vergonha, culpa, medo ou alguma forma de repressão das forças da sexualidade.

Hortência (Hydrangea macrophylla)

Flores lilás azuladas

Para quando é necessário, em situações de grupo, buscar um lugar ao sol, respeitando-se o espaço, a natureza e busca do outro, e as metas do grupo. Favorece a superação de atitudes de competitividade, inflexibilidade, irritabilidade ou segregação entre os membros de uma comunidade.

Ingá (Inga sessilis)

Equilíbrio entre mente e corpo - Ancoramento físico e na realidade, ao abrir-se para a percepção sensitivo/espiritual – Pessoas com mente expandida e tendência a um estado “desencarnado”, com baixo senso de realidade.

Ipê Amarelo (Tabebuia chrysotricha)

Flor amarela

O redespertar e a potencialização dos recursos interiores necessários para a regeneração e o renascimento. Mobiliza a esperança, vitalidade e força necessárias para a recuperação mental, emocional ou física, após choques, traumas ou exaustão gerada por longos períodos de esforço excessivo.

Íris (Neomarica sp)

Flor violeta

Reconecta-nos com nosso propósito de vida. Facilita a percepção consciente de nossas qualidades, aptidões e dons, e através do prazer em expressá-los, fortalece a motivação para que possamos manifestá-los em nosso cotidiano.

Jacarandá (Dalbérgia nigra)

Flores índigo violáceas

Unifica propósito da alma, pensamento e ação, trazendo clareza para a nossa mente em relação ao nosso propósito e objetivos, fortalecendo o nosso foco mental e nosso poder de manifestação.

Jade (Strongylodon macrobotrys)

Flores azul esverdeadas, trepadeira

Liberta às forças da alma que jaziam adormecidas ou hipnotizadas por uma focalização em espaços que não são os seus, auxiliando-a a liberar-se da dor, apropriar-se de seus sonhos, dons e habilidades, manifestá-los em uma ação eficiente.

Jambo Branco (Syzygium aqueum)

Flores brancas 

Ajuda a manter a mente na sintonia do amor e em ressonância com campos conscienciais de amor, quando esta é hiper sensível às influências e estímulos negativos. Ajuda a superar a negatividade, o pessimismo, o medo e a insegurança gerados pela hipersensibilidade as formas-pensamento negativas, vindas do outro ou do meio ambiente.

Jasmim da Índia (Quisqualis indica)

Flores do branco ao vermelhas forte

Mobiliza à partir do coração um campo que nos protege de energias de desamor, principalmente quando estamos em processos terapêuticos de cura de feridas e ilusões do nosso passado.

Jasmim dos Poetas (Jasminum polyanthum)

Flores brancas  

Refaz e nutre de uma maneira suave e amorosa a conexão Espiritual da nossa criança interior ferida quando esta se sente alienada, separada de tudo e de todos, desconectou-se da habilidade de transcender ao ordinário, não se sente mais um Ser Espiritual e vivência um estado de desalento sem esperanças.

Jasmim Manga (Plumeria sp.)

Flores brancas com o centro amarelo  

Esta paz profunda traz alívio para os sentimentos de pesar, sentimentos de perda sem causa claramente definida, que muitas vezes se originam da perda de partes de nós mesmos. Ensina que os nossos aspectos mais densos e instintivos não são inferiores e que fazem parte de nossa natureza.

Jurema (Mimosa hostilis)

Flores brancas

Proteção espiritual. Ajuda-nos a colocar e manter limites claros em nossos relacionamentos, de uma maneira saudável, evitando invasões de nosso espaço material, emocional ou psíquico. Facilita o trânsito seguro em direção a estados alterados de consciência e percepção, inclusive acessando nossa herança cósmica.

Lança de Ogum

Lança de Ogun

Favorece o desabrochar da Liderança centrada no Self. A emanação de um Poder Superior que mobiliza reconhecimento e respeito em situações de confronto, mantendo-se firme e fiel à sua Verdade e Princípios, investido da integridade para acolher e honrar às demandas e necessidades de seus liderados com firmeza e dignidade.

Lantana Lilás (Lantana fucata)

 Flores lilás

Transmuta e dissolve o medo de se abrir afetivamente, de abrir mão das máscaras e defesas interagindo de maneira criativa, leve e espontânea com o outro em nossas relações de grupo.  

Lavanda (Lavandula dentata)

Reconciliação entre a mente e o coração, pacificando os pensamentos ansiosos e trazendo tranquilidade ao sistema nervoso. Diminui a atividade do sistema nervoso autônomo simpático, trazendo equilíbrio frente às situações de stress emocional e medo. Purifica as emoções nervosas.

Lanterna do Coração (Abutilon striatum var)

Flores rosa-pink com estrias vermelhas

Ajuda-nos a confiar na força e poder do Amor para que possamos nos desarmar e entregarmo-nos ao Amor que reside no centro do coração. Através da suave abertura do Chacra do coração ajuda a desarmar-se diante do outro, atitude que nos liberta do burburinho das emoções, da reatividade e da agitação e barulho mental.

Lírio da Montanha (Lilium myriophyllum)

Flores brancas com finas estrias rosa pink

Acolhimento, aceitação, integração amorosa e compassiva de partes da Alma em estado de sofrimento, gerado em vivências de desamor do passado. Estas, em conseqüência destas vivências, esqueceram-se de sua natureza Divina e sofrem, identificadas com o medo, a dor, a impotência e/ou sentimentos de impureza.

Lírio do Brejo (Hedychium coronarium)

Flores brancas

Proteção e purificação espiritual. Ancora o amor e a inocência necessárias para confrontar aos monstros e demônios que habitam nosso inconsciente sem nos contaminarmos pelo medo. Ajuda na meditação e na elevação de nossos padrões de consciência.

Lobeira Lilás (Solanum erianthum)

Flores lilás claro

Traz os ventos da renovação após momentos de provação ou situações traumáticas quando nos frustramos profundamente, esgotamos totalmente os nossos recursos energéticos, nossos corpos sutis se desalinharam e caímos em um estado de prostração e letargia onde a frustração, dor e medo nos aprisionaram e paralisaram. Esta Essência Floral atua como um holofote iluminando as energias estagnadas, ajudando-nos a desapegarmo-nos da frustração e negatividade e a dispersá-las, criando-se assim o espaço para a entrada das energias regeneradoras do Amor que reconstituem e realinham nossos corpos energéticos, propiciando o resgate da vitalidade e do movimento em nossas vidas.

Macambira (Bromelia laciniosa)

Flor em tons rosa pink, com lilás e branca.

Ajuda a perdoar as velhas histórias e sentimentos gravados em nossos chakras inferiores.Traz a energia, a vitalidade e a consciência do amor universal necessárias para que o nosso guerreiro da paz redesperte. Traz movimento à energia da kundalini.

Macelinha (Achyrocline satureoides)

Flor amarela

O alinhamento do Ego com o Eu Superior que ajuda-nos a abrir mão do controle e se render a esta orientação superior. Ajuda-nos transcender as crenças, identificações e imagens limitadoras ou empobrecedoras sobre nós mesmos, construídas pelo Ego em resposta a experiências negativas ou dificuldades do passado.

Madressilva (Lonicera implexa)

Flores creme com alaranjado

Desapegar-se do passado e viver no presente. Ajuda-nos a superar o apego emocional aos bons tempos do passado, quando a vida hoje nos frustra e exige de nós um esforço para estar plenamente no aqui e agora.

Mãe d'água

Esta Essência Ambiental foi Co-criada em uma praia nos arredores de Maragogí, em meio a recifes que formam uma piscina natural. Na água cálida, azul, transparente, pode-se sentir a nutrição profunda, a calma, a amorosidade, o aconchego, a plenitude da Mãe através do seu elemento Água. Esta Essência permite uma harmonização e reconciliação profunda com o elemento água.

Manacá Cheiroso (Brunfelsia uniflora)

Flores violeta, lilás e brancas

Mobiliza a sabedoria e compaixão necessárias para encerrar ciclos de aprendizado através do desapego e da transmutação alquímica dos sentimentos de medo, dor e hostilidade relacionados àquele ciclo. Ajuda a desbloquear nos corpos físico e emocional os resíduos não processados de experiências traumáticas do passado.

Manacá da Serra (Tibouchina mutabilis)

Flores roxa, lilás e rosa

Mobiliza a nossa generosidade, a alegria de servir e dar de uma maneira incondicional e a confiança na generosidade da vida. Este movimento favorece a cura do ímpeto de dar para garantir que vamos receber algo, dissolve a ilusão da carência e o medo de faltar, atenuando a ganância e o egoísmo.

Mandacarú (Cereus jamacaru)

Flor branca

Traz a força, a resistência e a persistência necessárias para lidar com as circunstâncias difíceis da vida, crises e restrições sem perder a fé, a coragem e a gratidão.

Manto de Prata

Líquem

Ajuda-nos a perceber o que é realmente essencial para a vida, o que é realmente nutridor e saber mantê-lo, conservá-lo e preservá-lo. Há momentos em que é necessário deixar ir o excesso de bagagem, mas é necessário ter o discernimento claro sobre o que é essencial para a manutenção da vida, para que possamos retê-lo.

Maracujá (Passiflore giberti)

Flor branca e lilás

Abertura dos chacras superiores para acessar e ancorar o Espírito da Compaixão. Ajuda-nos a perceber os caminhos da luz e definir os próximos passos em nossos processos internos e em nossa caminhada rumo à evolução. Transmutação do amor humano em amor universal.

Margarida de Alagoas (Cosmos caudatus)

Flores Rosa e Branca

Une o Chacra do Coração com o Chacra Laríngeo favorecendo a expressão delicada, suave e espontânea, ajudando-nos a superar a tendência à aspereza verbal, “boca-dura” ou a estar elevando a voz quando nos sentimos ameaçados, culpados ou inseguros.

Margaridão Amarelo (Tithonia diversifolia)

Flores amarelas

Purifica e ilumina o plexo solar, alinhando-o com o chacra do Coração e com os chacras Superiores, elevando nossa percepção mental para que possamos superar o vício da autopiedade focada em sentimentos de vitimização.e aprendamos a nos nutrir da radiância do amor que vem de nosso Eu Superior.  

Menta (Mentha sp)

Facilita a clareza e agilidade mental quando a mente se encontra turva, com dificuldade para focalizar e operacionalizar as percepções. A menta auxilia a estabelecer o foco, acuidade e clareza mental necessários para exercer o Poder da Intenção.

Miltoniopsis (Miltoniopsis sp.)

 

Facilita a entrega, o abrir mão do controle, confiar a condução da própria vida a um Poder Maior. Este movimento pede a criação de mais espaço para receber os novos Valores e realizar as mudanças almejadas. Para tanto, teremos que nos desfazer daquilo que nos aprisiona em lugares e valores desconfortáveis, como nossas ilusões, impurezas, apegos e quaisquer outras emoções de desamor registradas em nosso coração.

Moringa (Moringa oleifera)

 

Nutrição energética e emocional que permite uma limpeza profunda na psique, liberando de uma forma aliviadora os conteúdos que estavam nos mantendo no sentimento de falta ou carência.
É uma essência floral profundamente nutridora e regeneradora que traz uma grande sabedoria do feminino.

Musgo (Spaghnum sp.)

Resgata a nossa Inocência Original, através da cura de nossa conexão e vínculo com o Feminino, com o Materno Profundo, devolvendo à nossa Criança Interior a confiança na Vida que nos envolve e a possibilidade de ser nutrida. Quando esta conexão está permeada por um sentimento de abandono, rejeição ou traição instalados na fase intra-uterina ou primeiros meses de vida, tendemos a vivenciar um estado de medo irracional, impossibilidade de confiar, e um grande sentimento de vulnerabilidade.

Naja (Heliotropium indicum L.)

A sabedoria da consciência solar integrando luz e sombra, passado e presente. Ajuda a concatenar e trazer um sentido às informações fragmentadas que vamos reunindo sobre experiências e vivências de nossa alma em sua trajetória evolutiva, assim ajuda a integrar partes de nosso eu e de nossa história que não se encaixam em nosso quebra-cabeças evolutivo e provocam medo ou julgamentos.

Nenúfar Azul (Nymphaea capensis)

Flor azul claro

Facilita a libertação do estado hipnótico de identificação com nossas dores e conflitos, o distanciamento, o perdão e/ou a possibilidade de lidar desapegadamente com estes conflitos, sem submergir em um turbilhão emocional. Favorece o deslocamento de nossa percepção para a posição do Eu Observador

Orquídea do Cardoso (Epidendrum ibacuense)

Flor alaranjada e amarela

Focaliza e direciona a vontade para concretizar nossos objetivos com uma determinação clara, suave e flexível, sintonizada e respeitadora dos espaços, necessidades, ciclos e ritmos nossos, das pessoas e da vida que nos cerca.

Orquídea Rosa (Epidendrum sp.)

Flores cor de rosa

Ajuda-nos a perceber o desamor em nossos pensamentos e nossa tendência a projetá-los em nossos relacionamentos criando situações de desamor e conflito como se estes pensamentos refletissem as intenções ou comportamento do outro, envenenando o relacionamento e gerando cobranças infundadas, sofrimento e agressões.

Orquídea Violeta (Zygopetalum intermedium)

Flor violeta

Reconecta nosso masculino primitivo com as forças nutridoras da Mãe Terra. Ajuda-o a se abrir para ser amado, nutrido e confortado. Traz de volta o sentimento de pertencer, a sensitividade, a doçura e uma profunda harmonia com a natureza e com todos os seres vivos.  

Paineira (Chorisia speciosa)

Flores cor de rosa

Restabelece um vínculo com o amor, o aconchego e a proteção da Grande Mãe, para que nossa Criança Interior sinta-se segura para desabrochar e expressar o melhor de si no aqui e agora, em uma tonalidade de paz, suavidade e harmonia com a Vida que nos cerca. Esta conexão com a Mãe interior permite-nos tirar nosso foco das dores, medos e conflitos do passado e vivenciar um sentimento de conforto no aqui e agora.

Palma Amarela (Gladiolus hortulanus)

Flor amarela

Para mulheres que precisam curar-se da necessidade de ter “poder” sobre o homem com o intuito de preservar-se e proteger-se da repetição secular da dor da “desonra”, perda da pureza, desvalorização ou estigmatização (pecado original) geradas pela violência e ou abuso.

Palma Branca (Gladiolus hortulanus)

Flor branca

Resgate do sentimento de pureza original da Alma, quando esta experienciou violências sexuais ou vivências sexuais pouco amorosas ou condenações morais pelas vivências sexuais.

Acolher a compaixão e desapegar-se das dores e inadequações  do passado para vivenciar então, a entrega ao Princípio da inocência.

Palma Laranja (Gladiolus hortulanus)

Flor laranja

Resgate da habilidade da Alma de vivenciar e explorar a própria sensualidade, beleza e espontaneidade quando em suas vivências do passado  sofreu violências ou abusos devido à sua própria beleza, delicadeza, espontaneidade ou sensualidade. Superação da tendência a proteger-se de futuras humilhações ou abusos ocultando-se através de uma aparência andrógina, mal cuidada ou masculinizada.

Palma Lilás (Gladiolus hortulanus)

Flor lilás

Transmuta as sensações, sentimentos e crenças de impureza que nossa Alma carrega, relacionadas com experiências do passado de nossa alma ou de nossa ancestralidade, impressas na memória celular de nosso corpo. Ajuda nossa alma a se lembrar que não importa qual tenha sido a nossa história de vida, continuamos sendo Divinos, sementes da Consciência Crística, filhos de Deus Pai/Mãe.

Palma Rosa (Gladiolus sp)

Flor cor de rosa

Reconciliação entre o masculino e o feminino. Resgate da inocência, que foi maculada no relacionamento com o sexo oposto. Ajuda a superar a expectativa de uma nova agressão, projetada em todos os indivíduos do sexo oposto, quando houve um trauma de violência ou abuso no passado.

Palma Vermelha (Gladiolus hortulanus)

Flor vermelha

Reintegra a sexualidade e os órgãos sexuais com o Amor quando há sensações de impureza relacionadas com a energia sexual, que foram geradas em situações de abuso ou violência ou por uma educação puritana e distorcida sobre sexualidade. Dissolve o medo e rejeição ao desejo sexual quando relacionado a sensações de impureza, promiscuidade ou ameaça.

Pessegueiro de Belém (Prunus persica)

Estabilidade mental e coragem para olhar de frente para situações amedrontadoras, quando estas aterrorizam tanto que podem gerar processos dissociativos ou de extrema confusão mental na tentativa de mascarar ou suprimir o pânico.

Picão (Bidens pilosa)

Ancora a energia solar fortalecendo e centrando nossa personalidade, equilibrando a tendência a roubar ou ser roubado energeticamente ajudando-nos a não mais precisar da energia do outro para prover às nossas necessidades, ao mesmo tempo que protege nosso campo sutil para que nossa energia vital não seja drenada pelo outro.

Pincel de Estudante (Emilia sonchifolia)

Traz centramento, vitalidade e clareza mental, fortalecendo a personalidade para que esta possa manifestar suas escolhas mais elevadas através de ações claras, precisas e eficientes.

Pluma Japonesa (Amaranthus caudatus)

Inflorescência magenta

Dissolve as cristalizações de dor e tristeza geradas pela frustração, perda ou rejeição no passado, responsáveis pelo medo de se abrir de novo para receber o amor. Ajuda a restaurar os circuitos da circulação energética vertical. Restaura o espaço interno para o dar e receber afeto.

Primavera (Bougainvillea spp)

Brácteas rosa forte e flor branca

Regenera a nossa base emocional através do amor incondicional, libertando um imenso manancial de vitalidade que estava canalizado para conter e suprimir a dor gerada pela ausência de amor, indiferença ou hostilidade em nosso passado. Ajuda a nos libertarmos de heranças energéticas negativas recebidas de nossos antepassados.

Quaresmeira Rosa (Tibouchina granulosa)

Flores cor de rosa

Ajuda a superar os sentimentos de separação, julgamento e hostilidade em nossos relacionamentos. Abre o coração para a lembrança da unidade, o sentimento de que somos um e para o amor incondicional que se dispõe a perdoar e a recomeçar.

Quaresmeira Roxa (Tibouchina granulosa)

Flores roxas

Ajuda a olharmos para nós mesmos e para a nossa história com o amor e compaixão da Face Feminina de nosso Ser Divino Interior. Traz a coragem de confrontar nossa sombra sem perder de vista a nossa luz e beleza; perdoar-se permitindo a morte da auto-imagem limitadora construída para ocultar a culpa, a dor e o medo gerados pelos erros do passado.

Rabo de Coelho (Evolvulus lagopodioides)

Cura e integração de partes fragmentadas de nossa Alma. Restaura pontes (sinapses) energéticas entre nossos Corpos Superiores, rompidas em conseqüências de violências, manipulações energéticas e/ou abusos no plano espiritual ou com vivências traumáticas do passado, que impedem-na de perceber e acolher às orientações vindas de nossa Divina Presença Eu Sou.

Raposa (Ruellia asperula)

Flor vermelha

Ajuda-nos a romper com os mecanismos de negação e resistência. Traz abertura para ver o que É, ouvir às orientações que vem de nosso Eu Superior e aprender com as experiências, sem resistir ao novo. Ajuda a superar a teimosia, agressividade e irritabilidade com o outro decorrentes destes processos de resistência e negação.

Regeneração

Preparado no mesmo ecossistema em que foram preparadas o Musgo e do Manto de Prata utilizando os liquens e musgos que se relacionam de maneira cooperativa e cocriativa naquele microssistema, atuando na criação de um sistema fértil para o florescimento da vida. Tornar fértil para o florescer da vida àqueles espaços psíquicos duros, frios e inertes como a pedra. Assim, poderemos semear o amor e a beleza onde somente imperava a aridez.

Rosa Carmin (Rosa l.)

Alinha plexo solar,  coração e chacra laríngeo,  ancorando na personalidade o Poder do Amor, para pacificar a belicosidade passional  com excesso de Yin, desempoderada e dramaticamente autovitimizadora, em contextos afetivos.

Rosa de Criciúma (Rosa l.)

Sublimação da dor de amor em inspiração criativa. Ajuda-nos a superar a dor gerada por situações de perdas afetivas irreparáveis, canalizando e sublimando-a através da inspiração criativa, da manifestação de obras plenas de beleza e harmonia, da dedicação e cultivo de algo que mantenha vivo em nós um legado positivo deste grande amor.

Rosa Rosa (Rosa sp)

A Rosa rosa desperta a habilidade de acolher e ser acolhido de maneira fraterna e de expressar-se com brandura e suavidade nos relacionamentos inter-pessoais. Ela ancora o Amor Fraterno no coração, nutrindo e desarmando a alma daqueles que, devido às agruras e aridez da vida, estão sempre em estado de alerta, defensivos, com medo de ser feridos pelo outro e tem uma tendência à auto-mortificação pelos sofrimentos do passado.

Rosinha Branca (Rosa l.)

Flor branca

Ancoramento do Espírito e da alma no corpo físico, no aqui e agora, com a leveza,  alegria e inocência da Criança Crística. Propicia o redespertar da esperança e a libertação dos caminhos ilusórios através do ancoramento da Consciência e dos Valores do nosso Ser Real.

Roxinha (Tibouchina sp.)

Flores roxas

O poder do diálogo compassivo para entender o ponto de vista do outro, o lado do outro, e a dor do outro, superando então os conflitos. Através da Compaixão para com a dor do outro, podemos permitir que ele viva seu processo, sem críticas ou pressões.

Santuário da Natureza

Esta Essência Ambiental foi Co-Criada na Escócia, em um dos Jardins da Comunidade de Findhorn, dedicado aos Espíritos da Natureza. Ajuda a abrir nossos sentidos, amplifica-los, ir através deles, ir além deles para sentir e comungar com o Divino que anima e permeia a Natureza através de todos os seres vivos, sejam eles árvores, flores, pássaros, seres elementais, Devas ou homens.