Indicações da Terapia floral 

 1.SITUAÇÕES DE DESEQUILÍBRIO das emoções/pensamentos: ansiedade, nervosismo, insônia, impaciência, depressão, medo, tristeza, raiva, ciúmes, culpa, desconfiança, agressividade, mágoa, ressentimento, preocupação, desânimo, cansaço, TPM, problemas com sexualidade, distúrbios do apetite, frustração, falta de esperança, confiança ou criatividade, solidão, rejeição, intolerância, indecisão, perda de controle, repetição de erros, amor possessivo, pessimismo, carência, saudade do passado, melancolia, insatisfação com a vida (pessoal e profissional), rigidez, traumas antigos, abatimento, memória fraca, resistência a mudança, orgulho, pensamentos recorrentes, etc. Para realizá-lo é necessária uma sequência de atendimentos com intervalos regulares conforme a situação em que a pessoa se encontre, como por exemplo:

    A) Alívio do estresse: cansaço, fadiga crônica, ansiedade que perturba as atividades cotidianas, insônia, doenças decorrentes do estresse;​ 

    B) Momento de decisões importantes: tomada de decisões importantes na vida pessoal e profissional; 

    C) Relacionamentos: perdas afetivas, limites saudáveis, dificuldade de expressão, mudança de padrões, harmonização, dificuldades sexuais, construção de uma base interna adequada para um relacionamento saudável; 

    D) Passagem por grandes mudanças na vida: criação de nova vida, mudanças de cidade, de emprego, de atividade profissional, casamentos, separações, nascimento dos filhos, mortes, etc. 

    ​E) Momentos de crises profundas na vida: dificuldades impostas pela vida, nas quais a pessoas não consegue processar e tende a sofrer demasiadamente.

    F) Sintonia com o feminino: menarca, menopausa, maternidade, parto e amamentação, equilíbrio entre yin e yang, feminino e masculino do ser; desequilíbrios da energia feminina que levam a somatizações como miomas, endometrioses, dificuldades em engravidar, problemas de TPM e de sexualidade;

    G) Limpeza interior: ressignificação de traumas, perdão, limpeza de assuntos antigos, de velhos sentimentos e emoções, construção de padrões renovados; limpeza de traumas inconscientes que possam ter ocorridos durante a gestação e a primeira infância.

    H) Autoestruturação: autoconhecimento, reconhecimento e recriação de aspectos da autoimagem, autoconfiança, autoestima, fundações emocionais internas bem estruturadas, despojar-se do excesso de bagagem, soltar o desnecessário;

    I) Sintonização com a missão interna: ajuda para se alinhar com sua essência e seu chamado, definir suas metas internas e externas, priorizar e cuidar do que é essencial;

2. EMERGÊNCIAS: após acidentes, surtos, abortos, estupros, antes de cirurgias, etc.

3. SITUAÇÕES EXTREMAS: depressões profundas, tentativas de suicídio, compulsão por álcool ou drogas, síndrome de pânico, etc.

4. FASES DE MUDANÇA DA VIDA: desmame, controle do esfíncter, início de educação escolar, puberdade, adolescência, início de carreira, casamento, gravidez, novo emprego, divórcio, menopausa, aposentadoria, morte de pessoas ou doença terminal.

 

"As Essências Florais desvelam os segredos das virtudes, mas somos nós que escolhemos se queremos ou não abraçá-las!"

Maria Grillo

  • Instagram ícone social
  • Facebook ícone social
  • YouTube ícone social

© 2020

Tarsila Galvão Domene 

CNPJ: 29.517.751/0001-61

Nazaré Paulista - SP

(11) 99017-5234